A Tocar na Rádio

Titulo da Musica

Artista

Programa no Ar

Auto DJ

00:01 09:00

Programa no Ar

Auto DJ

00:01 09:00

Background

FC Porto compromete no dérbi e pode acabar a jornada a 10 pontos do líder

Escrito porem 14 de Fevereiro, 2021

Dragões estiveram a perder e ficaram à beira da reviravolta, mas o Boavista conseguiu mesmo levar um ponto do terreno do eterno rival.

OFC Porto voltou, este sábado, a marcar passo na corrida pelo título de campeão português, ao não ir além de um empate a duas bolas na receção ao Boavista, para o tão aguardado dérbi da Invicta.

Os axadrezados chegaram ao intervalo a vencer por 2-0, graças aos golos de Jackson Porozo e Alberth Elis, mas, já no segundo tempo, Mehdi Taremi e Sérgio Oliveira marcaram e selaram o resultado final, numa partida que teve um final ‘impróprio para cardíacos’.

Voar como uma borboleta… morder como uma pantera

A famosa citação de Muhammad Ali não é bem esta, mas encaixa que nem uma luva na maneira como Jesualdo Ferreira montou a equipa do Boavista para se apresentar no estádio do Dragão, diante do FC Porto.

Os axadrezados entraram em campo com uma linha de cinco na defesa, empenhados em não sofrer, mas aproveitaram a mínima oportunidade na saída para o contra-ataque para lançar o pânico na defesa azul e branca.

Alberth Elis deu o primeiro aviso logo ao segundo minuto e obrigou Agustín Marchesín a aplicar-se. À segunda tentativa, as panteras não foram tão ‘meigas’ e chegaram mesmo ao golo, graças a um potente cabeceamento de Jackson Porozo, após canto cobrado por Gustavo Sauer.

Os dragões instalaram-se no meio-campo adversário em busca de minimizar os danos, mas, tirando um remate de fora da grande área da autoria de Sérgio Oliveira, nunca conseguiram criar grandes dificuldades a Léo Jardim.

Agustín Marchesín, por sua vez, voltou a aplicar-se aos 31 minutos, para negar o golo a Alberth Elis. No entanto, à beira do intervalo, o internacional hondurenho foi, por fim, feliz e, a passe de Ricardo Mangas, atirou para o 2-0.

‘Remontada’ ficou a meio

Sérgio Conceição deixou bem claro que não estava satisfeito com aquilo que estava a ver e, ao intervalo, promoveu três alterações de uma assentada, fazendo entrar Zaidu, Otávio e Marko Grujic para o lugar de Diogo Leite, Fábio Vieira e João Mário.

A equipa percebeu a mensagem e desde logo empurrou o Boavista às cordas. Otávio ameaçou aos 50 minutos, e Mehdi Taremi concretizou mesmo aos 54, num remate forte que ainda bateu em Jackson Porozo e ‘traiu’ Léo Jardim.

Daí em diante, observou-se um autêntico ‘massacre’ dos homens da casa, que, tirando uma ou outra ocasião, nunca deixaram o meio-campo ofensivo. Os visitantes foram aguentando como podiam… até que não conseguiram mais.

Aos 82 minutos, Sérgio Oliveira repôs a igualdade na cobrança de uma grande penalidade conquistado por Evanilson. Três minutos depois, o internacional português dispôs de mais uma oportunidade da marca dos 11 metros, mas, desta feita, atirou ao poste.

Já em cima do apito final, um lance que promete fazer correr muita tinta. Evanilson marcou após bela jogada de Francisco Conceição (que festejou com o pai, em lágrimas), mas, após consultar o VAR, Manuel Mota anulou o lance por mão na bola.

O FC Porto passa, assim, a somar 41 pontos, e pode terminar a jornada a dez pontos de distância da liderança, bastando para tal que o Sporting vença na receção ao Paços de Ferreira. Já o Boavista, leva 15 pontos e divide o último lugar com o Famalicão.

Momento do jogo: É um lance que promete dar muito que falar. Já bem perto do final, o FC Porto marcou, por intermédio de Evanilson, mas Manuel Mota consultou o VAR e anulou por mão na bola. Houve festejos e lágrimas… mas o golo de nada valeu.

Acompanhamento

90′ – Apito final no estádio do Dragão! O dérbi da Invicta chega ao final com um empate a duas bolas entre FC Porto e Boavista.

90+3′ – Golo anulado! Miguel Mota foi ao VAR e assinalou mão na bola de Evanilson.

89′ – GOOOOOOOLOOOOOO do FC Porto! Após uma bela jogada de Francisco Conceição, Evanilson desvia para o fundo das redes e concretiza a reviravolta.

86′ – Falha o FC Porto! Sérgio Oliveira apostou no mesmo lado, mas, desta feita, acertou no poste.

85′ – Mais uma grande penalidade no Dragão! Agora foi Francisco Conceição quem foi ‘ensanduichado’ por Jackson Porozo e Jesús Gómez.

82′ – GOOOOOOLOOOOO do FC Porto! Sérgio Oliveira não tremeu da marca dos 11 metros e, com um remate fortíssimo, repôs a igualdade no dérbi da Invicta.

81′ – Manuel Mota assinala grande penalidade a favor do FC Porto! Cannon derrubou Evanilson e o juiz apitou de imediato para a marca dos 11 metros.

77′ – Sérgio Conceição esgota as mexidas. Eis a tão esperada estreia de Francisco Conceição, que rende Wilson Manafá.

71′ – Mais uma substituição no FC Porto. Sai Moussa Marega, entra Evanilson.

67′ – Manuel Mota exibe mais um cartão amarelo. Agora é para Jorge Couto, elemento da equipa técnica do Boavista, por protestos.

61′ – Contratempo no Boavista. Adil Rami, lesionado, sai para dar o lugar a Jesús Gómez.

58′ – Jesualdo Ferreira mexe de imediato. Sai Gustavo Sauer, entra Show.

Eis o golo que relança o FC Porto no dérbi da Invicta

54′ – GOOOOOOLOOOOOO do FC Porto! Taremi rematou forte, tendo a bola desviado em Jackson Porozo e ‘traído’ Léo Jardim. Está relançada a discussão pelo resultado no Dragão.

50′ – Quase que surge a resposta do FC Porto! Após uma jogada de insistência, Otávio rematou forte, e a bola desviou em Ricardo Mangas antes de passar a centímetros da baliza. Taremi ainda pediu grande penalidade por falta de Jackson Porozo, mas Manuel Mota ouviu o VAR e nada assinalou.

46′ – As equipas já estão de volta ao relvado. Rola a bola na segunda parte do dérbi da Invicta. Sérgio Conceição aproveitou para mexer e lançou Zaidu, Grujic e Otávio para o lugar de Diogo Leite, João Mário e Fábio Vieira.

45′ – Intervalo no estádio do Dragão. O Boavista está a provocar um autêntico ‘pesadelo’ ao FC Porto, e recolhe aos balneários a vencer por 2-0, graças aos golos de Porozo e Elis.

Não perca as imagens do segundo golo do Boavista

45+2′ – GOOOOOOLOOOOO do Boavista! Ricardo Mangas entrou pela área dos dragões dentro e assistiu Elis, que foi ao chão desviar a bola para o 2-0.

31′ – Agustin Marchesín volta a ‘salvar’ o FC Porto! Elis aparece, uma vez mais, em posição perigosa, e, a passe de Cannon, por pouco não fez o 0-2.

29′ – Mais um cartão amarelo. Agora é para João Mário, por falta sobre Paulinho.

20′ – Responde o FC Porto! Sérgio Oliveira encheu o pé mas, com uma bela estirada, Léo Jardim desviou para canto.

18′ – Aí está o primeiro cartão amarelo da noite. É para Paulinho, por falta sobre João Mário.

Foi assim que o Boavista quebrou o nulo no Dragão

8′ – GOOOOOLOOOOOO do Boavista! Após canto cobrado por Gustavo Sauer, Jackson Porozo apareceu ao primeiro poste, foi às alturas e, com um cabeceamento potente, atirou para o fundo das redes à guarda de Marchesín. Os dragões ainda se queixaram de uma irregularidade, mas Manuel Mota ouviu o VAR e validou o lance.

7′ – Responde o FC Porto! Marega, assistido por Taremi, cabeceou por cima da baliza axadrezada.

2′ – Esteve à vista o golo do Boavista! Cannon cruzou para Elis, que rematou no coração da grande área para uma defesa ‘gigante’ de Marchesín.

0′ – Manuel Mota dá o apito inicial. Já se joga o FC Porto-Boavista.

‘Onzes’

FC Porto: Marchesín; Manafá, Diogo Leite, Pepe, Sarr; Sérgio Oliveira, Fábio Vieira, João Mário, Corona; Taremi e Marega.

Boavista: Léo Jardim; Cannon, Devenish, Rami, Jackson Porozo, Ricardo Mangas; Paulinho, Angel Gomes; Nuno Santos, Sauer e Elis.

Fonte: Noticias ao Minuto


Opinião do Leitor

Deixe o seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados