A Tocar na Rádio

Titulo da Musica

Artista

Programa no Ar

Clube do Ouvinte

18:00 20:00

Programa no Ar

Clube do Ouvinte

18:00 20:00

Background

“Risco de contágio aumentará. Se aumenta risco tem de aumentar prevenção”

Escrito porem 31 de Agosto, 2020

António Costa reiterou hoje que é essencial que os alunos voltem às aulas.

OPS lança esta segunda-feira o seu novo ano político, em Coimbra, numa conferência com a participação dos principais dirigentes socialistas. António Costa foi dos primeiros a usar da palavra. Durante a intervenção, o líder do partido salientou a importância da recuperação económica e o fundamental combate à pandemia da Covid-19.

Antes disso, e numa altura em que a realização da Festa do Avante! está a gerar muita polémica, Costa sublinhou que, apesar de a Covid-19 ter alterado “subitamente o rumo dos acontecimentos”, “nada obriga os partidos a pararem a sua atividade desde que todos cumpramos as normas de segurança”.

Já quanto ao regresso de muitas atividades, escolares e desportivas, em setembro, o também primeiro-ministro, reiterou que é necessário “aumentar a prevenção”.

“Quando as empresas voltarem a laborar em pleno, quando o ano letivo recomeçar, naturalmente o risco de contágio vai aumentar, e se aumenta o risco tem de aumentar a prevenção”, defendeu, reiterando a importância de usar a aplicação, desenvolvida para rastrear a Covid-19, admitindo que vai ser “o primeiro a dar o exemplo” ao descarregar a app, assim que esta estiver disponível, já esta terça-feira.

Ainda sobre regressos, António Costa frisou que o grande “teste” vai ser o arranque do ano letivo.  “As escolas não podem encerrar nem podemos ter o nível de ensino à distância que tivemos no ano passado. A escola pública e o ensino presencial são fundamentais. É essencial que organizemos em cada agrupamento de escolas, e em cada estabelecimento, planos de contingência para responder ao que é preciso. Vai sempre haver um aluno ou um professor contaminado, temos de evitar que um aluno infetado não seja sinal de que a escola toda vá fechar. E uma criança impedida de ir a escola não pode ficar atrás na aprendizagem. Temos de avançar para a universalização do ensino à distância. Todos têm de ter a mesma oportunidade de gozar dessa mesma oportunidade”, afirmou o secretário-geral do PS.

Prevê-se que, no final da manhã, discurse o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, que em 25 de outubro tentará conquistar mais uma maioria absoluta para os socialistas nesta Região Autónoma.

Na parte da tarde, haverá debates sobre o controlo da pandemia, as vias para a recuperação económica e sobre o futuro do país a partir de intervenções dos ministros Marta Temido (Saúde), Pedro Siza Vieira (Estado e Economia), Ana Mendes Godinho (Trabalho e Segurança Social) e Nelson de Souza (Planeamento).

Fonte: Noticias ao Minuto


Opinião do Leitor

Deixe o seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados